“Em paz me deito e logo pego no sono.”

Salmos 4,8

            A alma perturbada tem dificuldades para dormir, mas o sono torna-se fácil para o homem que está contente e seguro.

            Em meio a inimigos ferozes que lhe ameaçavam a vida, Davi foi capaz de descansar sem se perturbar com conflitos e inquietações, como se estivesse protegido nos braços de Jesus, conforme diz o hino: “verdadeira alegria e paz dependem não das circunstâncias, mas da proteção e das provisões de Deus”. A alegria é um dos aspectos do fruto do Espírito; e é essencialmente espiritual, não circunstancial.

          Davi pode ter sido um grande estadista, mas naquela noite era uma criança, um filho confiante no Pai, um dos entes amados a quem Deus deu paz em seu sono.

          Quão poucos se deitam em paz com sua consciência e com Deus…

          Assim que se deitou, Davi pegou no sono. O Senhor havia preparado para ele segurança e alegria, enquanto seus inimigos “rugiam lá fora”.