Bishop Charles Harrison Mason foi o fundador da Igreja de Deus em Cristo. Elder Mason foi convertido em novembro de 1878, e batizado por seu irmão, Nelson, um pastor batista, que foi pastorear o Mount Olive Igreja Batista Missionária perto de Plumerville .

Primórdios do ministério

Em 1893, ele começou seu ministério cristão, com a aceitação da licença ministerial do MT Gale Igreja Batista Missionária, em Preston, Arkansas. Ele então experimentou santificação através da palavra de Deus e pregou seu primeiro sermão em “Santidade” de II Timóteo 2:1-3: “Sofre comigo como bom soldado de Jesus Cristo”. Em 1 de novembro de 1893, Elder Mason matriculou no Colégio Batista Arkansas, mas desistiu depois de três meses por causa de sua insatisfação com os métodos de ensino e pela apresentação da mensagem da Bíblia. Ele, então, retornou para as ruas e para cada púlpito que foi aberto para ele, declarando Cristo pela palavra, por exemplo e preceito.

As manifestações teofânicas da revitalização, que incluiu o grande número que foi convertido, santificados e curados pelo poder da fé e os ensinamentos dogmáticos do Bispo Mason, sobre a doutrina da santificação, causaram o fechamento das portas da igreja Batista, no âmbito da associação, para ele e a todos aqueles que acreditaram e apoiaram os seus ensinamentos.

Assim, em 1897, foi quando este pioneiro, pregador persistente, voltou a Jackson, Mississippi, Bispo Mason foi forçado a entregar sua primeira mensagem  na entrada sul do tribunal. Mr. John Lee, que desejava ver o ministério do Bispo Mason continuar, cedeu à sala de sua casa na noite seguinte. Devido ao número esmagador que participou, o Mr. Watson, proprietário de um armazém abandonado em Lexington, Mississipi, deu o seu consentimento à transferência da reunião de renovação para a casa na margem de um riacho.

Esta casa posteriormente se tornou a casa de encontro para a Igreja de Deus em Cristo. Este ressurgimento, libertação e milagre foi um sucesso tão grande que despertou o “Diabo”, fazendo com que alguém disparasse cinco tiros de pistola e dois tiros de espingarda de cano duplo no meio dos santos, enquanto eles estavam clamando e orando. Algumas pessoas ficaram feridas, mas, milagrosamente, nenhum dos disparos foi fatal.

No encerramento da reunião, foi necessário organizar as pessoas a fim de estabelecer uma igreja com um forte apelo e um maior incentivo para todos os cristãos e crentes, uma igreja que enfatizasse a doutrina da inteira santificação através da efusão do Santo Espírito.

Fundação da Igreja de Deus em Cristo

O terreno logo foi comprado no Gazoo  Street, da Sra. John Ashcraft, um pouco além da linha corporativa, na qual foi construído um edifício pequeno 60×40. Estes sócios fundadores formaram um corpo conhecido como a “Igreja de Deus”. Posteriormente, em 1897, enquanto procurava um nome espiritual que distinguisse a Igreja de outras com o título semelhante, o nome de “Igreja de Deus em Cristo” foi revelado a C. H. Mason, enquanto caminhava por uma

rua em Little Rock, Arkansas. As escrituras seguintes apoiaram a sua revelação, I Tessalonicenses 2.14, “Porque irmãos vos tornastes imitadores das igrejas de Deus, que na Judéia estão em Cristo Jesus que fostes vós que sofrestes como coisas de seus próprios conterrâneos, mesmo que eles têm dos judeus”. Todos os irmãos, por unanimidade, concordou com o nome de “Igreja de Deus em Cristo”.

Mais tarde, a igreja foi reorganizada. Elder Charles Price Jones foi escolhido como o Supervisor Geral. Elder C.H Mason foi apontado como o supervisor de Tennessee, e Elder J.A Jeter foi superintendente do Arkansas. O ponto de partida na vida Elder Mason veio em março de 1907, quando ele viajou para Los Angeles, Califórnia, para participar de um  grande avivamento pentecostal com o Elder D.J Young e J.A Jeter Elder. William J. Seymour pregava sobre Lucas 24.49, “E eis que eu envio a promessa de meu Pai, mas ficai na cidade de Jerusalém até que sejais revestidos de poder do alto”. Elder Mason se convenceu de que era essencial para ele ter a efusão do Espírito Santo.

Testemunho Pessoal

A seguir, trechos do depoimento pessoal do Elder Mason quanto ao seu recebimento do Espírito Santo.
“O primeiro dia do encontro eu sentei-me longe daqueles que foram comigo. Comecei a agradecer a Deus em meu coração por todas as coisas, quando ouvi alguém falar em línguas, eu sabia que era certo, que eu não compreendia, no entanto, foi doce para mim”.

Eu também agradeço a Deus pelo Elder Seymour que veio e pregou um sermão maravilhoso. Suas palavras eram doces e poderosas e parece que eu posso ouvi-las agora enquanto escrevo. Quando ele fechou seu sermão, ele disse: “Todos aqueles que querem ser santificados ou batizados com o Espírito Santo, vá para a sala de cima, e todos aqueles que querem ser justificados, venham para o altar”.

“Eu disse: é o lugar para mim, pois pode ser que eu não seja convertido e, se não, Deus sabe e pode converter-me”.

 

Glória!

Na segunda noite de oração, tive uma visão. Vi-me sozinho e tinha um rolo de papel seco em minha boca tentando engolir. Olhando para o céu, apareceu um homem ao meu lado. Virei meus olhos de uma vez, então eu acordei e veio a interpretação.

Deus me fez engolir todo o livro e se eu não virasse meus olhos para ninguém, mas para Deus e só a Ele, Ele me batizaria. Eu disse sim a Ele, e logo pela manhã, quando me levantei, eu podia ouvir uma voz dentro de mim, dizendo: “Eu vejo…”

“Eu tenho um lugar no altar e começou a agradecer a Deus. Depois disso, eu disse: Senhor, se eu pudesse me batizar, eu faria isso, porque eu queria o batismo e não sabia o que fazer. Eu disse: Senhor, Você terá que fazer o trabalho para mim, por isso ponho em suas mãos”.

Então, eu comecei a pedir o batismo do Espírito Santo, de acordo com Atos 2.41, que lê assim: “Então os que lhe aceitaram a palavra foram batizados”, Então eu vi que eu tinha o direito de ser feliz e não triste.

O inimigo disse para mim, “pode haver algo errado com você”. Então uma voz falou-me dizendo, se há algo errado com você, Cristo vai encontrá-lo e levá-lo e casar com você… Alguém disse: “Vamos cantar”. Levantei-me e a primeira música que me veio foi “Ele me tirou do barro de lodo”.

O Espírito veio sobre os santos e em cima de mim… Então eu me rendi porque o Senhor queria ter o seu caminho dentro de mim. Veio uma onda de glória em mim e todo o meu ser se encheu com a glória do Senhor.

Quando Ele tinha-me diretamente aos seus pés, veio uma luz que envolvia todo o meu ser acima do brilho do sol. Quando eu abri a boca para dizer Glória, uma chama tocou a minha língua, que correu por mim. Minha língua mudou e nenhuma palavra que eu poderia falar na minha própria língua. Oh! Eu estava preenchido com a glória do Senhor. “Minha alma foi, então, satisfeita”.

Fonte: “http://en.wikipedia.org/wiki/Charles_Harrison_Mason